A estrela-de-batalha

Autor: Glen A. Larson / Robert Thurston

Original: Battlestar Galactica – 1978

Série: Batalha no espaço / Battlestar Galactica

Editora: Europa-América

Colecção: Livros de bolso – Ficção científica

Número: 1

Comentário: Num ataque traiçoeiro, as doze colónias humanas foram dizimadas pelos cylons. Os sobreviventes reúnem-se em volta da Galactica procurando recuperar forças e fugir em busca da mítica Terra, o suposto berço da humanidade.
Novelização do argumento para TV, com uma qualidade acima do esperado.

Os invasores andam entre nós

bru01[fc8]
Autor: Daniel F. Galouye

Original: A scourge of screamers – 1968

Editora: Bruguera

Colecção: Ficção Científica

Número: 1

Comentário: Numa era pós-nuclear, os sobreviventes estão ameaçados por uma epidemia de loucura e uns ET’s que os querem “salvar”.
Muito mauzinho.

A ciência, os números e eu (não ficção)

dh01 [fc]
Autor: Isaac Asimov

Original: Science, numbers and I – 1968

Editora: Dêagá

Colecção: DH Ciência

Número: 1

Ensaios:

  • Conferência dos livros (Balancing the books)
  • BB ou não BB, eis a questão (BB or not BB, that is the question)
  • Procuro um trevo de quatro folhas (I’m looking over a four-leaf clover)
  • Simplesmente impossível (Impossible, that’s all)
  • Uma questão de escala (A matter of scale)
  • Caleidoscópio no céu (Kaleidoscope in the sky)
  • O químico com inclinação para os símbolos (The symbol-minded chemist)
  • O grande nascimento (The great borning)
  • Bate no plástico! (Knock plastic!)
  • Música para os meus ouvidos (Music to my ears)
  • Old man river
  • Cheio de gente! (Crowded!)
  • Mesmo por baixo dos nossos pés (Right beneath your feet)
  • As horas da vida (Times of our lives)
  • Viagem sem tempo (Non-time travel)
  • Doze vírgula três seis nove (Twelve point three six nine)
  • Retrato do escritor em criança (Portrait of the writer as a boy)

Comentário: Textos com a qualidade habitual do “Asimov divulgador”

Perdidos na estratosfera

arg001 [fc]
Autor: Prof. A. M. Low

Original: Adrift in the stratosphere – 1937

Editora: Livros do Brasil

Colecção: Argonauta

Número: 1

Comentário: Três jovens em passeio pelo campo entram à socapa numa geringonça (o termo é do autor, ver página 16) e são involuntariamente arrastados para uma alucinante viagem pelo espaço.
Um livro repleto de emoção. Apesar disso, um dos piores que já li.
Os acontecimentos são sempre muito forçados ou mesmo absurdos. Cientificamente, é uma sucessão de disparates.

Obs: A melhor colecção portuguesa de FC começou com uma obra muito inferior à média e acabou com um texto incompleto.