As estrelas são nossas

galaxia04[fc4]

Autor: H. K. Bulmer (Kenneth Bulmer)

Original: The stars are ours – 1953

Editora: Rio Gráfica

Colecção: Galáxia

Número: 4

Comentário: Um cientista que inventou uma máquina de ver o passado é assassinado. Um jornalista, ao investigar o crime, descobre que os destinos da humanidade são, há milénios, conduzidos por robots alienígenas. Às dificuldades de convencer as autoridades soma-se o poder dos robots.

Leitura fácil, mas pouco se aproveita. Texto nada original e com tendência a resvalar para o disparate.

Carnaval no cosmos

galaxia07[fc4]
Autor: Maurice Limat

Original: Le Carnaval du cosmos – 1961

Editora: Rio Gráfica

Colecção: Galáxia

Número: 7

Comentário: Seres muito poderosos querem impedir uma expedição humana ao sistema de Alfa do Centauro. Começam por fazer desaparecer os rostos das mais famosas esculturas do sistema solar. Depois ameaçam um obscuro cientista. Segue-se o ataque aos líderes da expedição…

Nada se aproveita. As acções dos extraterrestres não fazem sentido e os humanos são bastante obtusos. Não consegui ler o suficiente para perceber a referência ao Carnaval.

Ouvindo o universo

galaxia05[fc4]
Autor: Maurice Limat

Original: J’écoute l’univers – 1960

Editora: Rio Gráfica

Colecção: Galáxia

Número: 5

Comentário: Um homem capta mentalmente emissões de rádio e televisão vindas do espaço profundo. Muitos médiuns “verdadeiros” estão a aparecer mortos sem explicação. Uma criança “fabrica” um dragão monstruoso apenas com o poder da vontade.

Uma antologia do disparate.

Os micro-robots de Saturno

microrobots[fc8]

Autor: Alan Comet (Enrique Sánchez Pascual)

Original: Los micro-robots de Saturno – 1955

Editora: Editorial Organizações

Colecção: Robot

Número: 1

Comentário: Quando Saturno ameaça tornar-se inabitável, os seus mais destacados cidadãos são miniaturizados e disparados para a Terra (um planeta que julgam ter apenas vida vegetal).
História sem valor e com pormenores técnicos absolutamente ridículos. A cereja no topo do bolo é o facto de os saturnianos falarem checo.

Morte corrosiva

galaxia15[fc4]

Autor: Peter Kapra (Pedro Guirao-Hernández)

Original: Muerte corrosiva – 1966

Editora: Agência Portuguesa de Revistas

Colecção: Galáxia 2001

Número: 15

Comentário: Um presidente africano é assassinado com recurso a uma arma biológica que dissolve rapidamente a carne. Este é o primeiro passo para a conquista de todo o continente.
Agentes da Nações Unidas, fabulosamente equipados, são enviados para frustrar os planos dos conspiradores.

A ideia geral até era razoável, mas os acontecimentos nem em desenhos animados seriam convincentes.
Além do mais, o texto é misógino e insuportavelmente racista.

A mão do diabo

galaxia20[fc4]

Autor: Peter Kapra (Pedro Guirao-Hernández)

Original: La mano del diablo – 1965

Editora: Agência Portuguesa de Revistas

Colecção: Galáxia 2001

Número: 20

Comentário: Um homem bom em fuga através do tempo e do espaço. O seu perseguidor é um enviado do diabo, maneta, que lhe quer roubar uma mão.

Os actores do cosmos

Autor: Walt G. Dovan [Peter Kapra] (Pedro Guirao-Hernández)

Original: Los actores del cosmos – 1964

Editora: Agência Portuguesa de Revistas

Colecção: Galáxia 2001

Número: 4

Comentário: Um actor vai substituir o líder do sistema solar numa perigosa missão a um mundo de máquinas que ameaça a humanidade.

Órbita de loucura

galaxia21[fc4]

Autor: Joe Mogar (José María Moreno y García)

Original: Órbita de locura – 1972

Editora: Agência Portuguesa de Revistas

Colecção: Galáxia 2001

Número: 21

Comentário: Todos são controlados por máquinas. O menor atraso ou desobediência paga-se muito caro.