A segunda manhã do mundo

Autor: Manuel de Pedrolo

Original: Mecanoscrit del segon origen – 1990

Editora: Presença

Colecção: Viajantes no tempo

Número: 13

Comentário: Um ataque devastador elimina a humanidade e os animais. Arrasa também a quase totalidade dos edifícios.
Uma rapariga de catorze anos e um rapaz de nove escaparam ao ataque e vão lutar pela sobrevivência num mundo agora apenas povoado por aves e insectos.
Narrativa bastante realista, embora, por vezes, os protagonistas sejam mais parecidos com o MacGyver do que com jovens normais.
Impressionantes cenários de destruição.