Crepúsculo da razão

galaxia06[fc4]

Autor: Jonathan Burke

Original: Twilight of reason – 1954

Editora: Rio Gráfica

Colecção: Galáxia

Número: 6

Comentário: Num isolado centro de lançamento de foguetes, o objectivo de chegar à Lua está prestes a ser concretizado. Uma pandemia com possível origem extraterrestre deixa o mundo num caos e obriga o grupo a tomar decisões muito difíceis.

História bem montada, credível, com suspense suficiente e agradável de ler. Algumas passagens talvez merecessem um maior desenvolvimento.

Pavana

Autor: Keith Roberts

Original: Pavane – 1968

Editora: Clássica Editora

Colecção: Limites

Número: 5

Comentário: Um mundo onde a Invencível Armada de Filipe II invadiu as ilhas britânicas. A Reforma e a Revolução Industrial não chegaram a acontecer. O Papa domina a Europa e boa parte do resto do mundo.
Uma primorosa descrição de um mundo anti-científico. Um dos melhores livros do género.

5 contos de ficção científica

dh31[fc8]

Selecção: Groff Conklin

Original: Five-odd – 1964

Editora: Dêagá

Colecção: DH Ciência

Número: 31

Contos:

  • O passado extinto (The dead past) – Isaac Asimov
  • Uma coisa estranha (Something strange) – Kingsley Amis
  • Unidade (Unit) – J. T. McIntosh
  • Admiravelmente violento (Gone fishing) – James H. Schmitz
  • O antepassado desconhecido (Big ancestor) – F. L. Wallace

Comentário: Quatro excelentes contos e um último bastante confuso.

O diabólico cérebro electrónico

diabolicerebro[fc4]

Autor: David Gerrold

Original: When Harlie was one – 1972

Série: HARLIE

Editora: Hemus

Comentário: HARLIE é um computador quase humano, dotado de uma inteligência formidável e de um espírito curioso. Tem, no entanto, uma mente tortuosa e as suas iniciativas vão deixar em apuros os seus criadores.

Uma excelente antevisão das possibilidades dos computadores feita numa altura em que a tecnologia ainda dava os primeiros passos.

Infelizmente (ou talvez não…), cinquenta anos passaram e a máquina descrita parece ainda mais longe de ser uma realidade.

Poderoso senhor

galaxia24[fc4]

Autor: J. Tegman (José González Téllez)

Original: Poderoso caballero – 1970

Editora: Agência Portuguesa de Revistas

Colecção: Galáxia 2001

Número: 24

Comentário: Uma sociedade demasiado industrializada onde o dinheiro é o único senhor. A história acompanha as reviravoltas na vida de ricos e miseráveis.

Obs: Exceptuando as esporádicas aparições de umas criaturas a lembrar duendes, é uma novela sem FC/fantasia.

«X»

galaxia11[fc4]

Autor: Curtis Garland (Juan Gallardo Muñoz)

Original: «X» – 1975

Editora: Agência Portuguesa de Revistas

Colecção: Galáxia 2001

Número: 11

Contos:

  • Temporama
  • A viagem
  • Supercidade
  • O museu
  • A coisa
  • Este Verão faz calor
  • Infinito

Comentário: Sete “sonhos” sobre um futuro ainda distante.
Uma agradável surpresa nesta colecção. Quase todos os contos são dignos de figurar nas melhores antologias de FC.

Mundos fechados

mundosfechados[fc4]

Autor: Robert Silverberg

Original: The world inside – 1971

Editora: Expressão e Cultura

Comentário: No século XXIV a população terrestre é de 75 mil milhões. A grande maioria vive em torres de mil andares, num clima de paz e prosperidade, tendo como principal objectivo de vida ter muitos filhos.

Serão realmente felizes?

Uma abordagem inovadora ao problema dos limites do crescimento. Um retrato convincente de uma sociedade com alguns costumes bastante estranhos.

Só é difícil entender os motivos para o incentivo à natalidade. Para quê ter mais gente se todos passam a vida fechados numa torre?

Noite sem fim

noitesemfim[fc4]

Autor: Poul Anderson

Original: The long night – 1983

Série: Technic History

Editora: Francisco Alves

Colecção: Novos Mundos da FC

Número: 7

Contos:

  • O saqueador espacial (The star plunderer)
  • Posto avançado do Império (Outpost of Empire)
  • Uma tragédia de erros (A tragedy of errors)
  • O compartilhamento da carne (The sharing of flesh)
  • Nevoeiro estelar (Starfog)

Comentário: Conjunto de episódios que decorem durante o declínio do império terrestre.

A imaginação do autor, aliada aos conhecimentos de História e Astronomia, criou mundos e pessoas de cuja real existência não se pode duvidar.

Obs: Inclui uma cronologia da Civilização Técnica

A República nunca existiu

Contos sobre um Portugal onde o regicídio de 1908 falhou.

Introdução: Octávio dos Santos

Editora: Saída de Emergência

Colecção: Bang!

Número: 43

Contos:

  • Seis momentos em tempo real – João Aguiar
  • Missão 121908 – Luísa Marques da Silva
  • O nome do rei – Bruno Martins Soares
  • A lombada do Moleskine – Luís Bettencourt Moniz
  • A marcha sobre Lisboa – Octávio dos Santos
  • Primos de além-mar – Gerson Lodi-Ribeiro
  • D. Amélia: mini-peça em dois actos – Miguel Real
  • O patriota improvável – Maria de Menezes
  • Ao serviço de Sua Majestade – Luís Richheimer de Sequeira
  • Esparguete à Carbonária – Alexandre Vieira
  • A noite das marionetas – João Seixas
  • A encenação – José Manuel Lopes
  • Rei sem coroa – Sérgio Sousa-Rodrigues
  • A rainha adormecida – Cristina Flora

O mapa do tempo

Autor: Félix J. Palma

Original: El mapa del tiempo – 2008

Editora: Planeta

Comentário: Após a publicação de “A máquina do tempo”, a sociedade londrina discute com entusiasmo as possibilidades das viagens no tempo.
É nesse contexto que o autor nos relata vários episódios que contam com a participação do próprio H. G. Wells.
Acção, romance e surpreendentes reviravoltas que nos remetem para os paradoxos causados pelas deslocações temporais.
Muito bom. Algumas divagações demasiado palavrosas e um ou outro desfecho pouco credível impedem a nota máxima.