Encantamentos – os mundos mágicos da fantasia


Apresentação: Isaac Asimov (Curses)

Organização: Isaac Asimov, Martin H. Greenberg e Charles G. Waugh

Original: Spells – 1985

Editora: Melhoramentos

Contos:

  • O candidato (The candidate) – Henry Slesar
  • O Sidrac de Natal (The Christmas Shadrach) – Frank R. Stockton
  • As mulheres da neve (The snow women) – Fritz Leiber
  • O menino invisível (Invisible boy) – Ray Bradbury
  • O herói que voltou (The hero who returned) – Gerald W. Page
  • Os sapos de Grimmerdale (Toads of Grimmerdale) – Andre Norton
  • Morte literária (A literary death) – Martin H. Greenberg
  • Satã e Sam Shay (Satan and Sam Shay) – Robert Arthur
  • Lote 249 (Lot No. 249) – Arthur Conan Doyle
  • A feiticeira está morta (The witch is dead) – Edward D. Hoch
  • Eu sei do que você precisa (I know what you need) – Stephen King
  • Os milagreiros (The miracle workers) – Jack Vance

Comentário: Doze contos sobre feitiços e maldições.

Destaque para as histórias de Robert Arthur, Hoch e King. A novela de Vance também é bastante razoável, embora seja mais FC que fantasia. O restante é apenas aceitável.

Magos – os mundos mágicos da fantasia


Apresentação: Isaac Asimov (Wizards)

Organização: Isaac Asimov, Martin H. Greenberg e Charles G. Waugh

Original: Isaac Asimov’s magical worlds of fantasy – 1983

Editora: Melhoramentos

Contos:

  • Mazirian, o mágico (Mazirian the magician) – Jack Vance
  • Espere, por favor (Please stand by) – Ron Goulart
  • Para que serve uma adaga de vidro (What good is a glass dagger?) – Larry Niven
  • O olho de Tandyla (The eye of Tandyla) – L. Sprague de Camp
  • O filho do cavalo branco (The white horse child) – Greg Bear
  • O colar de Semley (Semley’s necklace) – Ursula K. Le Guin
  • E os monstros andam (And the monsters walk) – John Jakes
  • O salvador na fortaleza (The seeker in the fortress) – Manly Wade Wellman
  • A muralha ao redor do mundo (The wall around the world) – Theodore R. Cogswell
  • O povo do círculo negro (The people of the black circle) – Robert E. Howard

Comentário: Para os apreciadores de fantasia, é uma excelente selecção de contos. Para os outros, há alguns bem interessantes.

O não-mago (1) – As torres de Romander


Autor: W. J. Maryson

Original: Onmagiër: de torens van Romander – 2002

Série: Onmagiër

Editora: Livros do Brasil

Colecção: Argonauta Gigante

Número: 25

Comentário: Na ilha de Loh, o jovem Lethe é o único que não tem poderes mágicos. No entanto, quando o reino é ameaçado pela magia incolor, os seus talentos podem ser decisivos.
Narrativa de viagem com algumas aventuras e muita magia / feitiçaria. Pouco interessante.

Obs: Último livro publicado na colecção. Infelizmente, a trilogia ficou-se pelo primeiro volume.

Subterrâneos da morte

Autor: Peter Saxon

Original: Dark ways to death – 1968

Editora: Bruguera

Colecção: Ficção Científica

Número: 37

Comentário: Um pequeno grupo de pessoas tenta travar o crescente poder de uma seita de magia negra.
Se conseguirmos ignorar o monte de tretas que o autor tenta impingir, até resta um bom livro.

Duas épocas em conflito

pn64 [fc]
Autora: Marion Zimmer Bradley

Original: Falcons of Narabedla – 1964

Editora: Panorama

Colecção: Antecipação

Número: 64

Comentário: A mente de um homem ocupa o corpo de um ser pertencente a um universo diferente, mas sem aceder à totalidade das suas memórias.
O universo retratado é demasiado estranho e dificilmente se percebe o que está a acontecer.

Guerreiros do Sol

pn13 [fc]
Autor: James Blish

Original: The warriors of day – 1953 (Sword of Xota)

Editora: Panorama

Colecção: Antecipação

Número: 13

Comentário: Um homem cheio de recursos é magicamente transportado para um planeta totalmente telepático.
Seria penoso ler até ao fim…

Outras edições: Europress * BolsoNoite # 27 * A espada de Mahrt

O falcão vermelho

dh27 [fc]
Autor: Lin Carter

Original: The quest of Kadji – 1971

Série: Crónicas de Kylix

Editora: Dêagá

Colecção: DH Ciência

Número: 27

Comentário: Pouco original. Razoável como literatura juvenil. Sem interesse como FC.

Obs: Na folha de rosto e nas listagens da editora, o título é erradamente apresentado como “O dragão vermelho”