Outro espaço – outro tempo

galaxia09[fc4]
Autor: H. J. Campbell

Original: Another space – another time – 1953

Editora: Rio Gráfica

Colecção: Galáxia

Número: 9

Comentário: Um cientista inventou em segredo uma máquina do tempo que também permite saltar entre universos. Um agente governamental encarregado de fiscalizar descobertas científicas percebe que a descoberta abre a porta da Terra a alienígenas hostis.

História bem contada mas sem pingo de originalidade. Resumindo, é apenas uma luta entre extraterrestres feios, maus e poderosos contra um humano hábil e corajoso. Nem as descrições de ambientes futuristas acrescentam algo de novo.

Ciclo: zero / Os gigantescos animais

galaxia02[fc4]

Autor: Peter Randa / Poul Anderson

Original: Cycle zéro – 1961 / Wildcat – 1958

Editora: Rio Gráfica

Colecção: Galáxia

Número: 2

Comentário: Num planeta restam pouco mais de cem humanos. Velhos e estéreis, almejam a eternidade. A excepção é um jovem desprezado que deseja revitalizar o planeta. O confronto é inevitável.

O conto de Anderson dá-nos a conhecer uma equipa que viaja 100 milhões de anos para o passado para explorar petróleo. Os dinossauros são um incómodo perigoso, mas os segredos dos militares deixam o chefe da expedição à beira de um ataque de nervos.

Obras que proporcionam uma leitura agradável, mas sem especial brilhantismo. O processo de deslocação no tempo é um bocado confuso.

Obs.: Nos anos cinquenta, o conhecimento das características e comportamento dos dinossauros era bastante rudimentar. Daí resulta que os animais retratados no texto parecem bastante diferentes dos que conhecemos.

E tudo o tempo levou

limit11[fc8]

Autor: Ward Moore

Original: Bring the jubilee – 1953

Editora: Clássica Editora

Colecção: Limites

Número: 11

Comentário: Os sulistas venceram a guerra civil americana. Em meados do século XX o norte é uma região subdesenvolvida, tecnologicamente atrasada e cheia de problemas sociais. Sem peso internacional, está à mercê dos Confederados e das potências europeias.

Retrato brilhante de um mundo que poderia ter existido. Uma reflexão profunda sobre os acidentes e contingências da História.

A mão do diabo

galaxia20[fc4]

Autor: Peter Kapra (Pedro Guirao-Hernández)

Original: La mano del diablo – 1965

Editora: Agência Portuguesa de Revistas

Colecção: Galáxia 2001

Número: 20

Comentário: Um homem bom em fuga através do tempo e do espaço. O seu perseguidor é um enviado do diabo, maneta, que lhe quer roubar uma mão.

A alavanca do tempo

galaxia34[fc4]

Autor: Law Space (Enrique Sánchez Pascual)

Original: La palanca del tiempo – 1957

Editora: Agência Portuguesa de Revistas

Colecção: Galáxia 2001

Número: 34

Comentário: Um professor descobre uma máquina capaz de dominar o tempo e faz um ultimato a todos os governos da Terra. No ambiente da Guerra Fria, uma mistura entre “A máquina do tempo” e “Senhor do mundo”.

O mapa do tempo

Autor: Félix J. Palma

Original: El mapa del tiempo – 2008

Editora: Planeta

Comentário: Após a publicação de “A máquina do tempo”, a sociedade londrina discute com entusiasmo as possibilidades das viagens no tempo.
É nesse contexto que o autor nos relata vários episódios que contam com a participação do próprio H. G. Wells.
Acção, romance e surpreendentes reviravoltas que nos remetem para os paradoxos causados pelas deslocações temporais.
Muito bom. Algumas divagações demasiado palavrosas e um ou outro desfecho pouco credível impedem a nota máxima.

A máquina do tempo acidental

Autor: Joe Haldeman

Original: The accidental time machine – 2007

Editora: Europa-América

Colecção: Nébula

Número: 105

Comentário: Um estudante do MIT apercebe-se de que um aparelho construído com outra finalidade permite viajar no tempo. Com saltos para o futuro cada vez maiores, só lhe resta a fuga em frente até encontrar uma época em que exista o conhecimento que lhe permita regressar.
O início, coincidindo com o período da “descoberta”, é do mais engraçado que já li em FC. O resto é uma viagem bem interessante pelos nossos “futuros”.

Obs: Último livro publicado nesta colecção. Alguns termos técnicos mal traduzidos e uma quantidade pouco habitual de erros ortográficos.

Abismos da galáxia

Autor: Gardner Fox

Original: The hunter out of time – 1965

Editora: Bruguera

Colecção: Ficção Científica

Número: 33

Comentário: Um homem do nosso tempo é arrastado para uma viagem pelo futuro.
História muito básica, com inúmeras inconsistências. Em momento algum se sente que aquilo poderia (poderá?) acontecer.

Estação dos exilados

Autor: Robert Silverberg

Original: Hawksbill station – 1968

Editora: Bruguera

Colecção: Urânia

Número: 11

Comentário: Dispondo de uma máquina do tempo com um só sentido, um governo autoritário envia os presos políticos para o passado longínquo (Câmbrico).
A história acompanha a vida da colónia penal e do seu líder, intercaladas com episódios da sua vida anterior.
Uma variante original (e muito bem conseguida) do velho tema das viagens no tempo.

Projeto tempo

Autor: John Brunner

Original: Timescoop – 1969

Editora: Bruguera

Colecção: Ficção Científica

Número: 18

Comentário: Num arrojado golpe publicitário, um multimilionário vai organizar uma festa com os seus mais ilustres antepassados.
Para sua infelicidade, vai uma grande distância entre as pessoas reais e o seu retrato nos livros de história.
Parece um livro de FC mas é uma amostra do melhor humor britânico.