A. D. 2230

ad2230[fc4]

Autor: Amílcar de Mascarenhas

Original: 1938

Editora: Parceria A. M. Pereira

Comentário: A guerra aproxima-se. De um lado estão os Estados da América do Norte e a Confederação Europeia. Fruto da vitória do movimento feminista, ambas as superpotências são governadas por mulheres. Do outro lado está o Império Português. Governado por gémeos, compensa a inferioridade de recursos com a supremacia tecnológica.

Propaganda óbvia aos valores do regime salazarista, é um livro três em um, congregando habilmente ficção científica, aventura de espiões e romance de cordel.

Como exercício de futurologia, o livro falha em toda a linha.

Apesar de ignorar olimpicamente as leis da física, o autor revela talento narrativo e uma imaginação a roçar o brilhante, sendo o aeroporto de Lisboa (visível na capa) o expoente máximo das projectadas maravilhas do futuro.

Viagem no tempo

bru05[fc8]

Autor: Ursula K. Le Guin

Original: City of illusions – 1967

Série: Hainish

Editora: Bruguera

Colecção: Ficção Científica

Número: 5

Comentário: Num milénio, o homem passou da era espacial a um conjunto de pequenas comunidades isoladas e quase selvagens. Um homem estranho e sem memória viaja pelo continente americano em busca de respostas sobre a sua origem. O seu objectivo é a cidade onde estão os novos senhores da Terra.

A viagem é cheia de peripécias interessantes, mas o encontro com os invasores não convence muito. Demasiadas mentiras (ilusões) acabam por confundir o leitor.

Obs: A tradução do título não faz sentido. O livro refere comunicações instantâneas e viagens à velocidade da luz, mas não viagens no tempo.

Outras edições: Livros do Brasil * Argonauta # 391 * A cidade das ilusões

Outro espaço – outro tempo

galaxia09[fc4]
Autor: H. J. Campbell

Original: Another space – another time – 1953

Editora: Rio Gráfica

Colecção: Galáxia

Número: 9

Comentário: Um cientista inventou em segredo uma máquina do tempo que também permite saltar entre universos. Um agente governamental encarregado de fiscalizar descobertas científicas percebe que a descoberta abre a porta da Terra a alienígenas hostis.

História bem contada mas sem pingo de originalidade. Resumindo, é apenas uma luta entre extraterrestres feios, maus e poderosos contra um humano hábil e corajoso. Nem as descrições de ambientes futuristas acrescentam algo de novo.

Comando de transplantação / O paralelo

galaxia11[fc4]

Autor: Peter Randa / J. Francis McComas

Original: Commando de transplantation – 1961 / Parallel – 1955

Editora: Rio Gráfica

Colecção: Galáxia

Número: 11

Comentário: Uma nave colonizadora descobre um planeta adequado. Os nativos, embora atrasados, são civilizados. Enviam então um homem para descobrir os costumes locais e preparar a instalação dos companheiros. Tudo corre mal desde o início e o herói vê-se perseguido pela polícia francesa.

No conto “O paralelo” temos uma nave de exploração terrestre tentando estabelecer contacto com os nativos de um planeta distante. A hostilidade dos locais deita por terra os objectivos da missão.

A obra principal, apesar de movimentada, serve apenas para enumerar diferenças sociológicas e tecnológicas entre os visitantes e os terrestres.

O conto é brilhante, mostrando não só as dificuldade de um possível contacto, mas também as diferenças entre os exploradores e ilustra perfeitamente a incapacidade de adaptação de alguns especialistas a circunstâncias invulgares.

O mundo em chamas

galaxia13[fc4]

Autor: H. K. Bulmer (Kenneth Bulmer)

Original: World aflame – 1954

Editora: Rio Gráfica

Colecção: Galáxia

Número: 13

Comentário: Um cientista e agente secreto vê-se envolvido em vários problemas. Por um lado, o foguetão atómico em que trabalha é sabotado. Por outro, um ex-comando pede-lhe ajuda ao ser perseguido depois de ter encontrado uma caveira antiga e a sua casa é assaltada por homens voadores. Ao mesmo tempo, terramotos e vulcões ameaçam todo o planeta.

Leitura fácil, mas o autor dispersa a sua atenção por várias sub-histórias e acaba sem conseguir ligar tudo convenientemente.

Morte corrosiva

galaxia15[fc4]

Autor: Peter Kapra (Pedro Guirao-Hernández)

Original: Muerte corrosiva – 1966

Editora: Agência Portuguesa de Revistas

Colecção: Galáxia 2001

Número: 15

Comentário: Um presidente africano é assassinado com recurso a uma arma biológica que dissolve rapidamente a carne. Este é o primeiro passo para a conquista de todo o continente.
Agentes da Nações Unidas, fabulosamente equipados, são enviados para frustrar os planos dos conspiradores.

A ideia geral até era razoável, mas os acontecimentos nem em desenhos animados seriam convincentes.
Além do mais, o texto é misógino e insuportavelmente racista.

Os actores do cosmos

Autor: Walt G. Dovan [Peter Kapra] (Pedro Guirao-Hernández)

Original: Los actores del cosmos – 1964

Editora: Agência Portuguesa de Revistas

Colecção: Galáxia 2001

Número: 4

Comentário: Um actor vai substituir o líder do sistema solar numa perigosa missão a um mundo de máquinas que ameaça a humanidade.

Gritos de monstro

galaxia53[fc4]

Autor: J. Tell (José González Téllez)

Original: Alaridos de monstruo – 1979

Editora: Agência Portuguesa de Revistas

Colecção: Galáxia 2001

Número: 53

Comentário: Um governo totalitário com uma política de extermínio generalizado cria híbridos humano/yeti para reforçar o seu poder. Alguns pequenos grupos liderados por cientistas refugiam-se em cavernas tentando preservar o conhecimento humano.

Os visitantes da estrela longínqua

galaxia56[fc4]

Autor: César Torre (Antonio Martínez de la Torre)

Original: Los visitantes de la lejana estrella – 1977

Editora: Agência Portuguesa de Revistas

Colecção: Galáxia 2001

Número: 56

Comentário: Num futuro distante a Terra está dividida em dois blocos que há muito se tentam destruir mutuamente.
Para salvar a humanidade é necessária uma missão conjunta a uma galáxia distante. Será que vão conseguir ultrapassar as desconfianças e colaborar?

O espelho

Autor: Curtis Garland (Juan Gallardo Muñoz)

Original: El espejo – 1970

Editora: Agência Portuguesa de Revistas

Colecção: Galáxia 2001

Número: 2

Contos:

  • Biologia
  • Grandes armazéns
  • Encontro
  • O relógio
  • Os vizinhos
  • Os que ficaram
  • Robot
  • A porta

Comentário: Um desinspirado escritor recebe um espelho mágico capaz de lhe fornecer ideias, projectando imagens do futuro.
Dessas imagens resultam oito histórias que nos mostram um futuro um pouco assustador.