Chocky – o amigo invisível

chocky[fc8]

Autor: John Wyndham

Original: Chocky – 1968

Editora: Presença

Colecção: Lado B

Número: 10

Comentário: Matthew é uma criança que tem um amigo invisível. Mas Chocky é deveras peculiar.
Wyndham pega numa situação relativamente vulgar e transforma-a numa obra única, que não parece FC.
Uma história óptima para miúdos e graúdos, cheia de mistério, ternura e humor.

A guerra do fogo

guerradofogo[fc8]

Autor: J.-H. Rosny Aîné

Original: La guerre du feu – 1911

Editora: Presença

Colecção: Volta ao mundo

Número: 4

Comentário: Há cem mil anos, uma tribo é derrotada em batalha. Perde não só o fogo mas também alguns dos seus melhores homens.
Três jovens partem numa expedição para obter fogo e salvar a “vida” do seu grupo.
Sucessão de combates (com homens e animais) e descrições demasiado minuciosas da natureza.
Escrito há mais de um século, é natural que a caracterização dos homens primitivos esteja muito longe da realidade.

O silo

Autor: Hugh Howey

Original: Wool – 2012

Editora: Presença

Colecção: Via Láctea

Número: 112

Comentário: Uma comunidade com milhares de pessoas vive num silo subterrâneo de 144 andares.
Os crimes mais graves dão direito a uma viagem (sem regresso) ao exterior altamente tóxico. Nessa altura, o condenado deve limpar a sujidade das câmaras, proporcionando a todos os habitantes alguns dias com uma visão mais nítida da desolada paisagem.
Quando o xerife do silo se auto-condena a fazer a limpeza, provoca uma cadeia de acontecimentos com consequências para todos.
Uma história que prende a atenção da primeira à última página. Mesmo aspectos estranhos, como o facto do silo não ter elevadores, acabam por fazer sentido.

A segunda manhã do mundo

Autor: Manuel de Pedrolo

Original: Mecanoscrit del segon origen – 1990

Editora: Presença

Colecção: Viajantes no tempo

Número: 13

Comentário: Um ataque devastador elimina a humanidade e os animais. Arrasa também a quase totalidade dos edifícios.
Uma rapariga de catorze anos e um rapaz de nove escaparam ao ataque e vão lutar pela sobrevivência num mundo agora apenas povoado por aves e insectos.
Narrativa bastante realista, embora, por vezes, os protagonistas sejam mais parecidos com o MacGyver do que com jovens normais.
Impressionantes cenários de destruição.

O dia do perdão

Autora: Ursula K. Le Guin

Original: Four ways to forgiveness – 1995

Série: Hainish – Yeowe and Werel

Editora: Presença

Colecção: Viajantes no tempo

Número: 18

Contos:

  • Traições (Betrayals)
  • Dia do perdão (Forgiveness day)
  • Um homem do povo (A man of the people)
  • Libertação de uma mulher (A woman’s liberation)

Comentário: Contos cuja acção decorre no mesmo universo de A mão esquerda das trevas. Uma sociedade esclavagista espalhada por dois planetas (Yeowe e Werel). Histórias de luta pela liberdade e pela emancipação da mulher.
Ambiente e personagens inesquecíveis.

Obs: O texto final “Notas sobre Werel e Yeowe (Notes on Werel and Yeowe)” ajuda bastante a compreender o contexto em que a acção decorre. Idealmente, deveria estar no início do livro.

A voz dos mortos

vozmortos[fc8]

Autor: Orson Scott Card

Original: Speaker for the dead – 1986

Série: Ender Wiggin

Editora: Presença

Colecção: Viajantes no tempo

Número: 11

Comentário: Uma pequena colónia humana num mundo onde existe uma outra raça inteligente não tecnológica. Um hino ao respeito pela diferença.

A continuação de “O jogo final” é ainda melhor que o primeiro livro. Falta agora a publicação em Portugal do resto da série.

Obs: Prémios Hugo e Nebula