O não-mago (1) – As torres de Romander


Autor: W. J. Maryson

Original: Onmagiër: de torens van Romander – 2002

Série: Onmagiër

Editora: Livros do Brasil

Colecção: Argonauta Gigante

Número: 25

Comentário: Na ilha de Loh, o jovem Lethe é o único que não tem poderes mágicos. No entanto, quando o reino é ameaçado pela magia incolor, os seus talentos podem ser decisivos.
Narrativa de viagem com algumas aventuras e muita magia / feitiçaria. Pouco interessante.

Obs: Último livro publicado na colecção. Infelizmente, a trilogia ficou-se pelo primeiro volume.

Os visitantes

Autor: Clifford D. Simak

Original: The visitors – 1979

Editora: Livros do Brasil

Colecção: Argonauta

Número: 286 e 287

Comentário: Uma das mais peculiares invasões de extraterrestres da história da FC.

O meu livro favorito de Simak.

Plano sete

arg075[fc8]
Autor: Mordecai Roshwald

Original: Level seven – 1959

Editora: Livros do Brasil

Colecção: Argonauta

Número: 75

Comentário: Perante a possibilidade de uma guerra nuclear, quinhentas pessoas são colocadas contra a sua vontade num abrigo subterrâneo. E para sempre. Têm a missão de carregar nos botões que asseguram a destruição completa do inimigo e podem ser a última reserva populacional da humanidade.

Apesar de ter alguns pormenores incompreensíveis, é um livro muito bom.

Dune

arg563 [fc]
Autor: Frank Herbert

Original: Dune – 1965

Série: Dune

Editora: Livros do Brasil

Colecção: Argonauta

Número: 563

Comentário: Não tem interesse para um leitor pois é apenas a parte inicial de uma obra cuja continuação não foi editada. Lamentavelmente, ficou mutilada uma das maiores obras de FC.
Tratando-se do último volume de uma colecção como a Argonauta, é um livro bastante interessante para coleccionadores.

Outras edições:
Livros do Brasil * Argonauta Gigante (série antiga) # 1, 1-A e 1-B
Saída de Emergência * Bang! # 107 * Duna

Obs: Prémios Hugo e Nebula

Estação de trânsito

arg130 [fc]
Autor: Clifford D. Simak

Original: Way station – 1963

Editora: Livros do Brasil

Colecção: Argonauta

Número: 130-A

Comentário: Uma das mais conhecidas e, talvez, uma das melhores obras de Simak. É o volume mais raro da colecção Argonauta.

Outras edições: Livros do Brasil * Vampiro # 200 (volume duplo que inclui O caso da vela torcida de Erle Stanley Gardner).

Obs: A imagem aqui apresentada é do exemplar da colecção Vampiro. Estou à espera que o Pai Natal me traga o Argonauta…

ALERTA
Qual a diferença entre um argonauta e um vampiro mutilado?
Veja a solução em
Memórias FC
e
O livro fantasma

De Júlio Verne aos astronautas

Os melhores contos de FC

arg100 [fc]
Introdução: Lima de Freitas

Editora: Livros do Brasil

Colecção: Argonauta

Número: 100

Contos:

  • O eterno Adão (L’éternel Adam)- Julio Verne
  • A estrela (The star) – H. G. Wells
  • Um outro mundo (Un autre monde) – J. H. Rosny Aîné
  • O templo (The temple) – H. P. Lovecraft
  • R.U.R., comédia utópica em três actos e um prologo (R.U.R.) – Karel Capek
  • A virgem dos rochedos (The light)- Poul Anderson
  • Flores para Algernon (Flowers for Algernon) – Daniel Keyes
  • Do tempo e da Terceira Avenida (Of time and Third Avenue) – Alfred Bester
  • As ruínas circulares (Las ruinas circulares) – Jorge Luís Borges
  • A estrela (The star) – Arthur C. Clarke
  • Cor serpentis (Cor serpentis / The heart of the serpent) – Ivan Efrémov
  • O dragão (The dragon) – Ray Bradbury
  • A arma (The weapon) – Fredric Brown
  • Instinto (Instinct) – Lester del Rey

Comentário: Uma excelente selecção de contos de FC. O conto de Clarke é considerado por muitos o melhor alguma vez escrito.

Perdidos na estratosfera

arg001 [fc]
Autor: Prof. A. M. Low

Original: Adrift in the stratosphere – 1937

Editora: Livros do Brasil

Colecção: Argonauta

Número: 1

Comentário: Três jovens em passeio pelo campo entram à socapa numa geringonça (o termo é do autor, ver página 16) e são involuntariamente arrastados para uma alucinante viagem pelo espaço.
Um livro repleto de emoção. Apesar disso, um dos piores que já li.
Os acontecimentos são sempre muito forçados ou mesmo absurdos. Cientificamente, é uma sucessão de disparates.

Obs: A melhor colecção portuguesa de FC começou com uma obra muito inferior à média e acabou com um texto incompleto.

O dia das trífides

arg71 [fc]
Autor: John Wyndham

Original: The day of the triffids – 1951

Editora: Livros do Brasil

Colecção: Argonauta

Número: 71

Comentário: O melhor livro de FC que já li.

Obs: Tiranos da Terra (Argonauta #41) tem uma história com algumas semelhanças