Futuro imperfeito

Autor: James Gunn

Original: Future imperfect – 1964

Anúncios

O mensageiro e outras extravagâncias

Autor: K. M. O’Donnell (Barry N. Malzberg)

Introdução: K. M. O’Donnell

Original: In the pocket and other S-F stories – 1971

Contos:

  • O mensageiro (In the pocket)
  • Estória de metrô (Gehenna)
  • Ah, belo Urano (Ah, fair Uranus)
  • Breves notas anteriores à queda (Notes just prior to the fall)
  • Entre gerações (As between generations)
  • O falcão e o falcoeiro (The falcon and the falconeer)
  • 24 de Julho, 1970 (July 24, 1970)
  • Pacem est (Pacem est)
  • O novo Rappacini (The new Rappacini)
  • O barato (Bat)
  • Questão de inclinação (A question of slant)
  • Que tempo era aquele? (What time was that?)
  • Balada para os tristes, tolos e sublimes anos sessenta (A soulsong to the sad, silly, soaring sixties)
  • Adendo (Addendum)
  • A ideia (The idea)

Comentário: Histórias banais, muito insossas.
Quando acabamos de ler uma, já está esquecida.

Arte futura

Selecção e Introdução: Leonardo Fróes

Original: Arte futura – 1971?

Contos:

  • Psiclopes (Psyclops) – Brian Aldiss
  • A máquina Da Vinci (The Da Vinci machine) – Earl Conrad
  • Teste de segurança (Security check) – Arthur C. Clarke
  • Vamos, fique logo louco (Come and go mad) – Fredric Brown
  • Fonógrafo portátil (The portable phonograph) – Walter van Tilburg Clark
  • Gentis abutres (The gentle vultures) – Isaac Asimov

Comentário: Dois clássicos (Clarke e Asimov), uma intrigante história sobre as fronteiras da loucura (Brown), duas agradáveis surpresas (Conrad e Clark) e um texto completamente intragável (Aldiss).

Obs: O texto de Brown está incluído em “O espaço será pequeno”, número 68 da colecção Argonauta.